A Justiça do Trabalho vem sofrendo ataques infundados, que atingem o Estado Democrático de Direito, principalmente quando partem de parlamentares que lançam acusações desproporcionais e graves em relação às atuações dos Advogados e Advogadas Trabalhistas, que foram acusados recentemente de ajuizarem ações simuladas. Ao mesmo tempo, atacam os Magistrados Trabalhistas e o Ministério Público do Trabalho, em um ato concatenado e articulado que lança uma pá de cal, sobre o Estado democrático de Direito.

 

É preciso defender a Justiça do Trabalho. É preciso defender a Constituição Federal, o Estado Democrático de Direito e a Justiça Social.

A ABRAT apoia e estará presente neste ato convocado pelo TRT da Décima Região e conclama a todos os Construtores do Direito do Trabalho, que estejam presentes nesta trincheira que é a representação do fortalecimento da democracia, que vem sendo ameaçada diuturnamente.

 Quando: 31 de Março

 Horário: 12h

Onde: Em Frente ao Foro Trabalhista de Brasília