Pronatec Copa ofertará 240 mil vagas até o Mundial
Pronatec Copa ofertará 240 mil vagas até o Mundial
O Ministério do Turismo começa a veicular nesta quarta-feira (16) campanha publicitária para divulgação do programa Pronatec Copa na Empresa. O objetivo é chamar a atenção do empresariado para a oportunidade de qualificação gratuita para profissionais da cadeia produtiva do setor turístico.
 
“Iniciamos o Pronatec Copa em 2010 e agora estamos reforçando essa vertente do programa, que permite a qualificação do profissional no seu próprio ambiente de trabalho”, afirma o ministro do Turismo, Gastão Vieira.
 
A campanha será veiculada, até março, em canais de diversas mídias, como TV por assinatura, revistas e jornais especializados em turismo, circuitos de TV de elevadores e restaurantes. Para apresentar a campanha e anunciar os 50 cursos oferecidos pelo Pronatec Copa na Empresa, foi escolhido o chef de cozinha, Felipe Bronze, conhecido por inovações na gastronomia brasileira.
 
O empresário interessado em aderir ao programa deve procurar a secretaria de turismo de seu município.
 
Pronatec Copa
 
O Pronatec Copa, programa de qualificação profissional para atuar durante a Copa do Mundo, compreende cursos de formação inicial e continuada para quem já trabalha com turismo e também quem pretende se profissionalizar no setor. Os cursos oferecidos estão relacionados aos processos de recepção, viagens, eventos, serviços de alimentação, bebidas, entretenimento e interação.
 
De acordo com o ministro do Turismo, os convênios estabelecidos com estados podem incluir cursos que não estão dentro do programa. ”A ideia é formar 84 mil pessoas por ano, para chegar a 240 mil pessoas até 2014, dentro do âmbito do Pronatec Copa.
 
Também estamos celebrando convênios com estados para que façam formações específicas que o Pronatec não alcança, como policiais, taxistas e o pessoal que trabalha em rodoviárias. Já assinamos convênios e estamos repassando recursos para que a secretarias estaduais e municipais comandem esses processos”, explicou o ministro.